ANO 2018 ÓRIXAS QUE REGERÃO NOSSO PLANETA (XANGÔ E IANSÃ) ***** DIA DA UMBANDA (15 de Novembro) PARABENS NOSSA UMBANDA - 109 ANOS DE MUITOS QUE IRÃO VIR *****

Orixás / Guias

  • OLORUM

Olorum é o Divino Criador, Deus. Ele é o princípio de tudo.

Pai Olorum é o Senhor do céu infinito, onisciente, onipotente, onipresente, “oniquerente” e indivisível. Ele é em Si toda a criação e rege tudo no universo.

Deus não tem um início, Ele é princípio, meio e fim. É o Criador, o Gerador de tudo o que existe e está tanto na sua criação como nas criaturas e nos seres que gera. Deus é vida, é o mistério que anima e fornece os meios ideais para que nos multipliquemos em nossos filhos, que também trazem a capacidade de se reproduzir, pois são gerados em um meio vivo.

Olorum, Senhor Supremo do Destino, é infinito em tudo e também o é nas Suas Divindades os Sagrados orixás. Essas Divindades geradas pelo Criador complementam-se umas às outras na sustentação da criação divina e na manutenção dos princípios que a regem, manifestando-se através dos sentidos da Fé, do Amor, do Conhecimento, da Justiça, da Lei, da Evolução e da Geração.

Os Orixás são mistérios individualizados do Divino Criador, são Divindades, Tronos Sagrados distribuídos por toda a Sua criação, são manifestações das qualidades divinas. Olorum é o todo e suas Divindades são partes deste todo. A magnitude, a grandeza infinita de Olorum nos agracia e contempla com suas Divindades, pelas quais podemos perceber o quanto o Divino Criador é infinito em Si mesmo.

 

  • ANJO DA GUARDA

O nosso Anjo da Guarda não é um espírito plasmado, não se trata de um Orixá, é um dos mistérios de Deus.

Ele é um protetor mental, atua diretamente em nossa proteção através de uma ligação a distância que existe desde a nossa criação.

Nosso Anjo Guardião está o tempo todo nos envolvendo com seus fluidos bondosos, inspirando pensamentos positivos e tenta nos ajudar a evitar as influências negativas, pois sendo um mistério protetor de Deus ele possui este poder.

Para fortalecer esta presença é muito simples, apenas fazer a firmeza de uma vela consagrada a ele.

 

ORIXÁS DE ESQUERDA
  • EXÚ

O Sagrado Orixá Exu, é um mistério do divino criador, ele possui uma faixa vibratória e um grau magnético somente seu, assim como os demais Orixás.

Ele é um agente da Lei Maior, é responsável pelo mistério vitalizador e desvitalizador e atua transformando a vida de todos os seres.

 

  • EXU MIRIM

O Sagrado Orixá Exumirim, é mais um mistério do divino criador e possui uma faixa vibratória e um grau magnético somente seu.

Ele é responsável pelo mistério Ocultador e Desocultador e atua transformando as situações em que os seres se deparam em suas jornadas.

 

  • POMBAGIRA

A Sagrada Orixá Pombagira é mais um mistério do divino criador. Ela possui uma faixa vibratória e um grau magnético somente seus, assim como os demais Orixás.

Ela é responsável pelo mistério Estimulador e Desestimulador, ela atua complementando o mistério do Sagrado Orixá Exu, transformando assim a vida dos seres.

 

  • POMBAGIRA MIRIM

A Sagrada Orixá Pombagiramirim é um mistério do divino criador ainda não revelado.

Já sabemos da sua existência, mas não sabemos onde ela atua.

 

ORIXÁS DE DIREITA
  • IANSÃ

A aplicação da lei é o campo de atuação da Sagrada Orixá Iansã, manifestadora do mistério movimentador da ordem divina.

Ela atua dando direção às qualidades de Deus, direcionando a Lei Divina.

Mãe Iansã esgota os seres emocionados, seus desequilíbrios e vícios, direcionando-os e abrindo-lhes novos campos por onde evoluirão de forma menos emocional.

 

  • IEMANJÁ

A Sagrada Orixá Iemanjá é a mãe da geração e da criatividade, é responsável por trazer a geração de tudo na nossa vida, não apenas a geração maternal que é o campo mais conhecido desta mãe amparadora da vida.

Ela é responsável pela criatividade tornando os seres mais aptos a viver com as adversidades do caminho a ser trilhado.

 

  • LOGUNÃ

A Sagrada Orixá Logunã ou Oiá do Tempo, juntamente com o Orixá Oxalá, atua no campo da fé ordenando o caos religioso e o fanatismo para que os seres fluam na religiosidade e no caminho da evolução.

O Tempo é a chave do mistério da Fé, seu principal campo de atuação onde vibra alimentando os seres com suas vibrações de religiosidade para que não se desvirtuem e desequilibrem seus sentimentos.

 

  • NANÃ

Esta Sagrada Mãe Nanã atua no trono da evolução juntamente com o Sagrado Pai Orixá Obaluaiê.

Ela é responsável pelo mistério decantador e traz o esquecimento do espirito no seu reencarne, mas é capaz de decantar vícios e desequilíbrios mentais, pois atua diretamente no metal do ser, no seu racional, trazendo a luz da evolução.

Seu campo principal de atuação é a maturidade.

 

  • OBÁ

A Sagrada Orixá Obá é uma divindade que tem como qualidade a concentração, ela dá consistência e firmeza a tudo que se cria e que se aprende, seja através de experiências materiais ou intelectuais.

Ela atua na concentração do raciocínio dos seres e quando se faz o mau uso disso ela trabalha esgotando este campo.

 

  • OBALUAIÊ

O Sagrado Orixá Obaluaiê é o pai responsável pelas passagens, pela evolução, pela transmutação e crescimento mental, levando cada ser a passar de um estágio a outro de sua vida, buscando o progresso e a evolução do seu caminho.

 

  • OGUM

O Sagrado Orixá Ogum é o manifestador da ordem divina. Regente do Trono da Lei, este Pai ordena tudo em todos os planos da vida e em todos os níveis conscienciais.

O campo da lei é o seu maior campo de atuação sendo a linha divisória entre a razão e a emoção.

 

  • OMULU

O Sagrado Orixá Omulu é o responsável pelo nosso corpo no desprendimento do nosso espirito, ele é o Orixá da terra, a qual chamamos de morte.

Omulu é responsável pelo mistério paralisador em todos os sentidos da vida e não só das enfermidades do corpo como é mais conhecido.

 

  • OROINÁ

Juntamente com Pai Xangô, a Sagrada Orixá Oroiná, também conhecida como Egunitá, manifesta o mistério da Justiça Divina.

Ela atua consumindo e purificando os excessos emocionais dos seres desequilibrados, desvirtuados e viciados, pois os excessos desses sentimentos tornam os seres insensíveis às dores alheias.

Seu mistério consumidor purifica as ilusões humanas levando os seres a se voltarem para os sentimentos de Justiça.

 

  • OXALÁ

O Sagrado Orixá Oxalá atua no campo da fé, pois a fé não se ensina, ela está no íntimo de cada um, podendo apenas ser fortalecida ou encontrada.

Fé é um estado mental consciente e racional, é o elo de ligação entre o ser e o Criador Divino, sem entrar no fanatismo.

 

  • OXÓSSI

O Sagrado Orixá Oxóssi atua fortemente no campo do conhecimento.

O conhecimento é um dos principais pilares da evolução, seja material, espiritual ou em qualquer realidade divina.

O conhecimento é adquirido através dos acontecimentos da nossa vida, sempre respeitando o nosso merecimento e o nosso grau de evolução.

Quanto mais usamos o nosso conhecimento adquirido de maneira reta, mais se abre e mais oportunidades surgem para buscarmos o conhecimento reto e a sabedoria, iluminando nossa evolução.

 

  • OXUM

A Sagrada Orixá Oxum atua fortemente no campo do amor, quanto mais manifestamos interna e externamente o verdadeiro sentimento do amor, mais Mãe Oxum nos ampara, protege e encaminha para a evolução no caminho que levará ao Pai Olorum.

Ela atua nos levando a ter sentimentos puros, determinação, paz interior, equilíbrio e principalmente a vontade de amar e de conceder esse amor ao próximo, fortalecendo o nosso mental e o nosso espiritual.

 

  • OXUMARÉ

O Sagrado Orixá Oxumaré atua no campo da renovação contínua em todos os sentidos da vida de um ser, isso é representado pelo Sagrado Arco-íris.

Ele trabalha lenta e sutilmente junto ao ser diluindo sentimentos, atitudes e uniões desequilibradas, direcionando-os até que descarreguem os acúmulos de energias negativas, reequilibrando-os.

 

  • XANGÔ

O Sagrado Orixá Xangô manifesta o mistério da Justiça Divina, o mistério equilibrador que purifica os sentimentos com sua irradiação.

A justiça é a virtude de dar a cada um aquilo que é do seu merecimento.

Pai Xangô trabalha muito o sentido da razão, para despertar o senso de equilíbrio e equidade, trazendo a conscientização para o que realmente é importante na vida.

 

GUIAS
  • BAIANOS

Baiano é um grau, manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho de Umbanda, mas nem sempre conhecida nos trabalhados dos terreiros, principalmente os localizados no sul do pais.

Os espíritos que trabalham nesta linha, como em outras, trabalham por afinidade e escolha, pois não quer dizer que foram baianos em sua ultima encarnação, dentro desta linha existe antigos médicos, engenheiros, advogados, cientistas entre outras profissões.

Os Baianos são ligados, em sua primeira irradiação, ao Pai Ogum e as Baianas a Mãe Iansã.

Esta linha de trabalho está dividida em três:

1 – Baianos

2 – Cangaceiros

3 – Malandros

A linha de Malandros, são espíritos que tanto trabalham na linha de direita como na linha de esquerda.

São espíritos que tem em seu principal trabalho, a alegria, o aconselhamento, a proteção, o recolhimento de magias negativas.

 

  • BOIADEIROS

Boiadeiro é um grau, manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho de Umbanda, mas nem sempre bem conhecida e trabalhada nos terreiros.

Os espíritos que trabalham nesta linha, como em outras, trabalham por afinidade e escolha, pois não quer dizer que foram boiadeiros em sua ultima encarnação, dentro desta linha existe antigos médicos, engenheiros, advogados, cientistas entre outras profissões.

Os Boiadeiros são ligados, em sua primeira irradiação, a Mãe Logunã.

Os Boiadeiros representam o homem forte, impositivo, vigoroso, valente e destemido.

São espíritos que tem em seu principal trabalho, o recolhimento de espíritos profundamente desequilibrados, com seu laço, seu principal instrumento de trabalho.

 

  • CABOCLOS

Caboclo é um grau manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho de Umbanda mais conhecida nos terreiros.

Os espíritos que trabalham nesta linha, como em outras, trabalham por afinidade e escolha, pois não quer dizer que foram índios em sua última encarnação, dentro desta linha existe antigos médicos, engenheiros, advogados, cientistas entre outras profissões, assim como padres a exemplo do Caboclo das Sete Encruzilhadas, que em uma das suas primeiras manifestações foi identificado como antigo frei.

Todos os caboclos e caboclas são ligados, em sua primeira irradiação, ao Pai Oxóssi.

Os Caboclos representam tudo aquilo que perdemos, o amor à natureza agredida, machucada e devastada, o respeito à terra onde todos nós vivemos, o conhecimento das leis da natureza e a força do guerreiro.

Esses espíritos se caracterizam pelo seu altruísmo e decisão, eles dominam o conhecimento das ervas e costumam receitá-las para banhos e defumações para limpeza de seus consulentes.

O Caboclo representa isso, ele é um mestre, um Guardião da direita de todos os Orixás.

 

  • CIGANOS

Ciganos é um grau manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho de Umbanda, mas nem sempre bem conhecida e trabalhada nos terreiros, com exceção dos terreiros que têm como seu guia chefe esta linda linha.

Os espíritos que trabalham nesta linha, como em outras, trabalham por afinidade e escolha, pois não quer dizer que foram ciganos  em sua última encarnação, dentro desta linha existe antigos médicos, engenheiros, advogados, cientistas entre outras profissões.

Nesta linha encontramos ciganos e ciganas trabalhando na linha de esquerda sendo Exus e Pombagiras levando o nome de ciganos.

Mas na linha da direita, os ciganos são ligados, em sua primeira irradiação, ao Pai Ogum e as ciganas à Mãe Oxum.

Os Ciganos representam a liberdade, a espiritualidade pura e quebra preconceitos.

As ciganas gostam muito de falar de amor e os ciganos cuidam dos caminhos e das atividades monetárias.

São espíritos que têm seriedade no seu trabalho, conquistam a simpatia e a confiança dos seus consulentes por terem profundo conhecimento magístico e orientações sábias a quem os procuram.

 

  • ERÊS – CRIANÇAS

Erês/Crianças é um grau manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho de Umbanda, trabalhada na maioria dos terreiros. Tratam-se de seres encantados, seres naturais, ou seja, nunca tiveram uma encarnação no nosso planeta.

Nos trabalhos eles vêm apenas amparar os seus médiuns, apenas naquele momento de trabalho, voltando à sua dimensão natural.

As Crianças são ligadas, em sua primeira irradiação, ao Pai Oxumaré.

A linha de Erês/Crianças é a linha mais difícil de trabalhar, pois o médium precisa estar muito bem em seu equilíbrio emocional, pois sua vibração é muito sutil.

O campo que os Erês/Criança mais gostam de atuar é no emocional, no psicológico, no íntimo e no espiritual das pessoas que os procuram.

 

  • MARINHEIROS

Marinheiro é um grau manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho de Umbanda, trabalhada principalmente nos terreiros mais perto do litoral onde é bem grande a sua influência.

Os espíritos que trabalham nesta linha, como em outras, trabalham por afinidade e escolha, pois não quer dizer que foram marinheiros ou pescadores em sua última encarnação, dentro desta linha existe antigos médicos, engenheiros, advogados, cientistas entre outras profissões.

Os Marinheiros são ligados, em sua primeira irradiação, à Mãe Iemanjá.

A linha de Marinheiros, traz espíritos que têm uma força, uma potência muito grande, como se a água do mar estivesse entrando no terreiro, em formato de ondas e lavando tudo e todos.

Seu comportamento de embriagues nada mais é do que a embriagues sagrada, é o movimento da água do mar e que mesmo nas tempestades ele permanece firme no leme, sabendo conduzir o seu barco até as águas mais calmas.

O mar é a vida incontrolável, mas ele mostra como devemos observar as águas do mar, as estrelas, o sol, o vento e as tempestades para regular, da melhor maneira, as velas e segurar o timão, é o íntimo do consulente representado neste navio.

 

  • PRETOS VELHOS

Pretos Velhos é um grau manifestador de um Mistério Sagrado.

É uma das linhas de trabalho mais conhecida de Umbanda, trabalhada praticamente em todos os terreiros.

Os espíritos que trabalham nesta linha, como em outras, trabalham por afinidade, escolha e desenvolvimento, pois não quer dizer que foram escravos ou velhos e negros em sua última encarnação, dentro desta linha existe antigos médicos, engenheiros, advogados, cientistas entre outras profissões.

Os Pretos Velhos são ligados, em sua primeira irradiação, ao Pai Obaluaiê e à Mãe Nanã.

A linha de Pretos Velhos traz espíritos muito sábios e acolhedores por excelência que gostam muito de trabalhar na cura e costumam receitar chás, pois conhecem muito de ervas.

Eles são os verdadeiros exemplos de humildade e sabedoria.